Empresas ampliam participação de mulheres em cargos de liderança

Arcos Dorados, operadora do McDonald’s, e Amazon

comemoram resultados de ações de incentivo à equidade

Em 2021, 52% de todas as promoções a cargos de liderança concedidas pela companhia no Brasil foram conquistadas por mulheres. Considerando todas as promoções, elas representam 60%. Quando se olha apenas para as pessoas promovidas a líderes dos restaurantes McDonald’s no Brasil, a maioria também fica com as mulheres, com cerca de 55% do total.

Igualdade de oportunidades

Para atuar diretamente no eixo de Equidade de Gênero, a companhia implementou a Rede de Mulheres, grupo que promove práticas de equidade diante as oportunidades, ações afirmativas e busca dar visibilidade aos seus talentos dentro da empresa.

O incentivo ao crescimento profissional das funcionárias está ligado ao compromisso da Arcos Dorados em gerar oportunidades de emprego e investir cerca de R$ 40 milhões anuais no desenvolvimento de suas pessoas. Além disso, a companhia oferece programas de Saúde e Bem-Estar, como o Laços Dourados, iniciativa lançada em 2017 voltada à identificação e apoio a gestações de risco entre as funcionárias, com o objetivo de diminuir o índice de prematuridade dos bebês, melhorando a qualidade de vida da gestante e do recém-nascido.

Outro exemplo é o programa McAmigo, que disponibiliza uma linha anônima para que os colaboradores possam consultar especialistas de nove áreas, como atendimento psicológico e jurídico, para receber apoio nos momentos em que mais precisam.

Ao trajetória de Lucifabia de Jesus, conhecida como Lara, gerente de Unidade de Negócio do McDonald’s em São Bernardo do Campo (SP), evidencia a importância desse tipo de iniciativa. Lara se mudou da Bahia para o Estado de São Paulo aos 15 anos com o objetivo de encontrar melhores oportunidades de trabalho. Ela começou a trabalhar no McDonald’s e diz que aproveitou a oportunidades oferecidas pela companhia para chegar à posição de liderança que tem hoje.

“Aqui me sinto valorizada. Tenho muita gratidão por tudo que a empresa me proporcionou e por cada pessoa que trabalhou e trabalha comigo, pois sempre me respeitaram e me apoiaram”, diz. “Lembro do meu primeiro salário, quando comprei meu primeiro tênis e foi uma alegria que não cabia dentro de mim. Aqui nessa empresa conquistei a minha faculdade, minha casa, ajudei meus pais e toda minha família.”

Empresas ampliam participação de mulheres em cargos de liderança
Funcionárias da Amazon

Sem barreiras internas

Outra multinacional que tem ações nesse sentido é a Amazon. Hoje, 46,5% das mulheres estão em posições de liderança nas Amazon Varejo. No Brasil, a empresa trabalha para alcançar equidade na representação das mulheres em seus Centros de Distribuição e Estações de Entrega. No Centro do Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, por exemplo, 55% da equipe é feminina, enquanto em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, 63% do pessoal é composto por mulheres.

“Não enfrentei barreiras internas porque sou mulher. Sempre me respeitaram e pude mostrar meu bom desempenho para crescer na minha carreira e ser promovida”, comenta Ana Bueno, atualmente líder do Centro de Distribuição de Nova Santa Rita, a primeira mulher que ocupa esse cargo no País.

Segundo Davinna Ayla, associada na emissão de notas, uma das maiores vantagens que encontrou ao trabalhar na Amazon é perceber que a empresa é ativamente inclusiva e mostra que se preocupa com a força da diversidade interna. “É incrível trabalhar em um ambiente que trabalha por igualdade e respeito o tempo todo. O fato de eu ser uma mulher trans não afetou em nenhum momento minha promoção e capacidade de poder mostrar meu potencial, por exemplo”, ressalta.

A Amazon tem programas de capacitação de talentos femininos, redes de apoio e treinamentos para acelerar seu desenvolvimento dentro da empresa. O “Women@Amazon” é um grupo que oferece apoio profissional, além de uma comunidade para desenvolver, reter e promover mais mulheres na empresa, com ações como o “Talks with Women from A to Z”, em que mulheres gestoras e líderes, além de especialistas convidados, compartilham conhecimento, melhores práticas e conselhos para acelerar o desenvolvimento dos participantes. A “Ascend: Women in Leadership” é uma iniciativa internacional de seis meses para impulsionar a liderança feminina, por meio de mentorias e recursos de aprendizagem em grupo.

Além das oportunidades de emprego e do crescimento interno que gera, a Amazon contribui para as comunidades locais e outras entidades que promovem a igualdade de gênero nos negócios e na sociedade. Em 2021, a empresa concedeu R$ 5 milhões ao Fundo de Resiliência para Mulheres na Cadeia Global de Valor, que investe na saúde, bem-estar e resiliência econômica de longo prazo das mulheres em todo o mundo, que estão fundamentadas no mercado de trabalho.

Ambiente plural e inclusivo

Um dos principais atacadistas do Brasil, o Assaí tem implementado diversas medidas para ampliar o número de mulheres em cargos de liderança, com o objetivo de fomentar a diversidade, criando e mantendo um ambiente ainda mais plural e inclusivo. A partir de ações de seu Programa de Diversidade, a Companhia elevou esse percentual para 26,3% de mulheres em posição de gerência e acima, o que representa um aumento de 3 pontos percentuais em relação a 2020.

Em 2021, a empresa aderiu aos 7 Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, da sigla para Women’s Empowerment Principles, em inglês), uma plataforma da ONU Mulheres e do Pacto Global da ONU, que conta com diretrizes para a igualdade de gênero nos negócios e está alinhada ao objetivo 5 – Igualdade de Gênero – da Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 do Pacto Global.

Além disso, até 11 de março, o Assaí promoverá a 4ª edição da Semana da Mulher, que conta com uma série de lives, vídeos pílula, comunicações e ações de engajamento e desenvolvimento para colaboradores, de líderes a liderados, com foco no desenvolvimento de mulheres e liderança e valorização da diversidade e equidade de gênero.

Além do incentivo à presença feminina em cargos de destaque dentro da Companhia, o Assaí também busca fazer a diferença no ambiente externo e promove cursos e workshops online que oferecem capacitação gratuita às empreendedoras que atuam no segmento alimentício, por meio da plataforma da Academia Assaí Bons Negócios. A empresa realiza ainda, anualmente, uma premiação para reconhecer empreendedores que mais se destacam neste segmento: o Prêmio Academia Assaí Bons Negócios. A iniciativa auxilia financeiramente e oferece ferramentas para apoiar empreendedores deste ramo.

Gostou do conteúdo? COMPARTILHE!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email